Entrevista - Sr. Flávio Diretor ICHIBAN IDIOMAS

1) Para crescer, grandes empresas buscam mudanças radicais. Cite-as na sua opinião.

Para crescer, qualquer mudança mínima é necessária. Seja ela radical ou não, é importante que você se apóie em conceitos básicos como "dar o melhor de si, almejando a excelência de qualidade". Você tem de estar atento à concorrência, oferecendo ao seu cliente um diferencial, mostrando a ele que você é completo, excelente e que, mesmo estando no topo, você está sempre atento às novidades para que você possa oferecer o que há de melhor. As pessoas buscam satisfação no atendimento e no produto ou serviço adquirido e tudo isto dentro de um curtíssimo espaço de tempo. Por isto, sua empresa tem que ser ágil e eficiente em todas as etapas deste processo. Não adianta você focar o administrativo sem dar atenção ao operacional. Não adianta você focar marketing, esquecendo-se do pós-venda. Detalhes fazem a diferença e mudanças radicais mexem com toda a estrutura da empresa. Para tudo isto, toda a empresa tem de estar envolvida e focada nos objetivos a serem alcançados.

2) Segundo pesquisas, presidentes temem que concorrência feroz mude dinâmica de mercado, o que você acha disso?

A dinâmica do mercado vai estar constantemente em mudança. O mercado vai estar cada vez mais feroz, mais dinâmico, mais atento ao que acontece ao seu redor. A evolução na área de informática permite que as empresas tenham acesso à informação em uma velocidade cada vez mais rápida. Isto proporciona velocidade maior na tomada de decisões, na análise de mercado e, conseqüentemente, nas ações e reações dos clientes. Todos ganham com sito, principalmente o consumidor final, pois a excelência na qualidade tende a ser o objetivo constante.

3) Classifique esta inovação de acordo com as seguintes frentes: Produto - Serviços e Mercado - Operacional.

Com uma competitividade cada vez maior, a empresa tem de estar atenta à cada detalhe. Isto significa que você tem que estar atento ao seu produto final, ao serviço prestado, seja ele pré ou pós-venda, bem como estar atento ao seu mercado de atuação e ao seu operacional. Atuar bem em uma das frentes, esquecendo-se de outra, pode dar bons resultados imediatos, mas mais tarde a atuação deficitária em uma das frentes certamente refletirá negativamente na parte bem-sucedida. Por isto, é necessário envolver toda a organização para que cada funcionário esteja engajado no processo como um todo e motivado para a conquista dos resultados planejados.

4) Você acredita que a tendência de outsourcing seja crescente nas multinacionais?

Não somente nas multinacionais, mas também em qualquer empresa nacional, pequena, média ou grande. A empresa que quer sobreviver no mercado e crescer, terá que focar toda sua atenção na sua atividade principal, terceirizando áreas ou partes destas áreas, que estão fora da atividade principal da empresa, para empresas especializadas.

5) Quais são os planos da empresa para os próximos 2 anos?

Qualificar a empresa com mais certificados internacionais, firmar mais parcerias com instituições internacionais e expandir-se no mercado nacional através de Franchising.

6) Fale sobre a sua experiência dentro da empresa. Acrescente breve CV

Sou o sócio-fundador da ICHIBAN IDIOMAS. Sou formado em análise de sistemas pela PUC de Campinas (PUCCAMP) e sempre estive envolvido com idiomas estrangeiros, pois já fui professor de inglês, alemão e japonês, bem como trabalhei na área internacional do Unibanco em São Paulo. Morei na Alemanha e no Japão por quase 4 anos e, desde que abrimos a primeira unidade da ICHIBAN em 1997, estou envolvido completamente pela empresa, tanto na parte pedagógica, como administrativa e nos contatos empresariais aqui no Brasil e no exterior

7) Qual sua visão de mercado e atuação para este II Simpósio?

O Simpósio envolve o eixo financeiro, industrial e cultural mais importante do país, mercado este que conta com grandes empresas exportadoras e que têm tido ótimos resultados com "outsourcing". Conhecer um pouco mais em detalhe a experiência de cada um proporcionará mais condições de seguir as tendências mundiais em outsourcing. Competitividade sempre vai existir e você tem que saber identificar as oportunidades. O Simpósio é uma delas!

8) De que forma pretende direcionar sua participação dentro do Simpósio?

Pretendemos mostrar aos participantes do Simpósio que nosso leque de serviços é diversificado, completo e orientado por uma equipe altamente qualificada. Queremos mostrar que somos diferentes (temos um "diferencial") e que estamos altamente qualificados para atendê-los dentro da nossa gama de serviços. Hoje atuamos no ensino de idiomas, mas somos também um Centro de Serviços de Tradução, Versão e Interpretação, bem como um Centro Autorizado para Aplicar Testes Internacionais.

Clientes

  • xerox
  • bolinha sbmg
  • bolinha inpaer
  • bolinha-suzano
  • bolinha-grupo-petropolis
  • bolinha-poupafarma
  • bolinha unicesumar
  • bolinha volex
  • bolinha valesul
  • bolinha azul
  • bolinha sany
  • hotel-internacional
  • itaipava
  • agem
  • alcoa
  • apve
  • avis
  • band
  • bosch
  • caloi
  • canon
  • carrefour
  • cerati
  • ciee
  • citroen
  • cooper
  • cpfl
  • embraeer
  • extra
  • governo
  • oboticario
  • heineken
  • hp
  • johnsons
  • jp
  • lg
  • metro
  • patrocinador nestle
  • paodeacucar
  • parker
  • perdigao
  • petrobras
  • peuget
  • philips
  • sadia
  • salton
  • tam
  • tnt
  • votorantim
  • xerox