Entrevista - Sra. Maria Itália Piniano Sócia Diretora do Grupo Clipper Transportes Internacionais

1) Para crescer, grandes empresas buscam mudanças radicais. Cite-as na sua opinião.

Como empresa de médio porte e nacional, somos partidários da mudança para a melhoria continua. Como prestadores de serviços, nos atualizamos, nos informamos e mudamos diariamente em busca da excelência no atendimento, na busca de alternativas, na luta continua por cumprir nosso papel de facilitador e coordenador do processo de importação e exportação , na luta diária para agilizar e influenciar nas mudanças de legislação e do procedimento dos órgãos públicos , tão necessários em nosso pais para que nos, como empresa e cidadãos, possamos atuar efetivamente melhor no que se refere a Logística internacional, Aduana, custos e o lead time ideais no processo logístico no comercio exterior.

2) Segundo pesquisas, presidentes temem que concorrência feroz mude dinâmica de mercado, o que você acha disso?

A concorrência ë saudável e necessária. Inclusive a feroz. Ela nos faz crescer, buscar alternativas, exigir o máximo de nos mesmos , inovar e também enxergar e aceitar nossas limitações e nos adequar para fazer muito bem e com diferenciais o que, dentro destas limitações, e possível realizar com eficácia, e com isto encontrar aquilo que podemos entregar melhor e ser competente" no que fazemos.
Na concorrência sobrevivem os que fazem o melhor e assim deve ser, é assim na natureza , tem sido assim sempre na historia da humanidade e o resultado ë saudável para o todo . A concorrência ë que faz o mercado mover-se, o ser humano buscar alternativas, crescer , em beneficio de nos mesmos, como clientes e cidadãs!

3) Classifique esta inovação de acordo com as seguintes frentes: Produto - Serviços e Mercado - Operacional.

Nos 3 casos a inovação e mudanças em busca da melhoria nos leva ao mesmo resultado: Encontrar o melhor que cada um pode produzir.
Isto exige ao mesmo tempo , maior conhecimento e capacitação do consumidor para poder comprar melhor e para isto deve compreender as variáveis, cada dia mais complexas e diversas em cada produto, ou serviço, devido a necessidade do fornecedor de entregar mais vantagens em cada produto .
Nos serviços e na operacionalização , não é diferente, o atendimento , e atenção ë indispensável e parte integrante do conceito de serviço. Entretanto, atendimento só simpático e excelente sem "conhecimento e conteúdo técnico" sobre o produto, e sem a adequação do serviço a particularidade de cada cliente, sem a assessoria para orientar uma boa compra e uma efetiva operacionalização e logística , não atinge a excelência.
O cliente, o paciente ou o freguês dependem hoje mais que nunca do prestador de serviço, não só pelo serviço em si , mas pelo conhecimento especifico de cada área e de cada produto, cada dia mais complexo e especifico para um leigo saber avaliar e escolher o melhor equilíbrio preço , serviço , qualidade! .
Já não há lugar para "quebra galhos", alias este sim o serviço e produto mais caro do mercado, porque devera ser feito inúmeras vezes com o maior prejuízo de todos alem do financeiro, o da perda da nossa preciosidade maior, o tempo.

4) Quais são os planos da empresa para os próximos 2 anos?

Melhoria continua e adequação a necessidade especifica e ao sistema funcional e operacional de cada cliente. Contrariamente ao caminho de muitos em nossa áreas que buscam volume e padronização, nos buscamos personalização do serviço a necessidade de cada cliente e buscar a integração de nossa equipe no maior grau possível com a do cliente.

5) Fale sobre a sua experiência dentro da empresa. Acrescente breve CV.

Sou Fundadora da Clipper , iniciada em 1985 , já na época representando o grupo Logístico alemão A. Hartrodt.Imagine uma mulher, jovem, com 25 anos , iniciando um negocio num mundo dominado 99% por homens, quando o mercado internacional não sabia muito a diferença entre São Paulo e Buenos Aires, quando empresas de logística no exterior , que hoje são globais e aqui estão , tinham medo do Brasil pela instabilidade pelas restrições na importação e numa época em que o conceito de qualidade e profissionalismo na prestação de serviços e respeito ao publico e ao consumidor eram muito distintos. Uma simples importação de matéria-prima era uma verdadeira batalha. Passar por todos os controles da antiga Cacex, e tirar um documento no tempo necessário para uma exportação era uma vitória.
Passamos muitos planos econômicos, muitas desvalorizações cambiais , mudanças bruscas nas regras do jogo estabelecidas pelo governo, mudança e adequação a novas realidades foram freqüentes e necessários em nosso dia-a-dia. Hoje , com muitas melhorias para importação, privatizações que ajudaram, algo feito em relação a diminuição da burocracia e o exagero na fiscalizações inclusive na exportação, e menos ainda na logística necessária, estamos com 60 funcionários prestando serviços personalizados, específicos para cada cliente e buscando as soluções logísticas para cada caso.
Temos hoje uma divisão ""trading"", que não comercializa nada , e sim terceiriza todo o processo ""pós"" compra e venda para que o cliente final simplesmente compre e venda , todo o restante nos fazemos por ele , inclusive assumindo a burocracia, e o papel administrativo de ser efetivamente o importador e exportador . Atuamos por conta e ordem do cliente! Nossa satisfação e realização como profissionais é obter o melhor lead Time e melhor custo , ou seja, a tranqüilidade do nosso cliente.
Este descritivo pode dar uma idéia de minha experiência na empresa, no mercado e junto a comunidade.

6) De acordo com a sua experiência o que acontecerá com o mercado político-econômico nos próximos 2 anos nas áreas de compras, exportação e Tecnologia?

Exportação. No que se refere a Logística que é nosso segmento: necessitamos de infra-estrutura . Nossos portos , estradas, terminais , a legislação arcaica e cartorial, a burocracia documental , o sistema de fiscalização, o transporte aéreo e marítimo disponível não suportam um crescimento superior a 30% do atual volume. Explodiremos antes de celebrar o crescimento.
Lembremos da situação caótica de 2005 quando devido a taxa do Dólar tivemos um crescimento de cerca de 25 % na exportação. Foi um caos. O sistema parou. Perdemos mercado, prejudicamos a imagem ainda ruim que tem o Brasil como pais exportador devido a seus problemas de burocracia, falta de infra estrutura, prazos operacionais não adequados a modernidade global e instabilidade cambial e conseqüentemente do preço de venda ao exterior.

7) Informações que julgar necessárias acrescentar neste item.

Necessitamos de reformas estruturais , mudanças e não só nas empresas. Se o país não acompanhar , se o sistema não desburocratizar, se as regras não se flexibilizarem, se não se buscar um sistema tributário que elimine a "informalidade" que permite mensalões pagos através dela , se não se reduzir e simplificar obrigações formais os impostos cascata, todo esforço da mudança e inovação empresarial, será amortizada e frustrada pelo não acompanhamento desta por parte dos Órgãos Federais, Estaduais e Municipais.
A mudança começa no cidadão consciente e coeso, na educação e formação da população. Cabe a cada um de nos exigir esta direção , exigir e trabalhar para que se de a vara para que o cidadão possa pescar e ser digno do que come , e não esmolas que mata a fome , mas não sua humilhação por não ser capaz de prover .
Comecemos por praticar o que discursamos efetivamente! Let''s ""Walk the talk ""

Clientes

  • xerox
  • bolinha sbmg
  • bolinha inpaer
  • bolinha-suzano
  • bolinha-grupo-petropolis
  • bolinha-poupafarma
  • bolinha unicesumar
  • bolinha volex
  • bolinha valesul
  • bolinha azul
  • bolinha sany
  • hotel-internacional
  • itaipava
  • agem
  • alcoa
  • apve
  • avis
  • band
  • bosch
  • caloi
  • canon
  • carrefour
  • cerati
  • ciee
  • citroen
  • cooper
  • cpfl
  • embraeer
  • extra
  • governo
  • oboticario
  • heineken
  • hp
  • johnsons
  • jp
  • lg
  • metro
  • patrocinador nestle
  • paodeacucar
  • parker
  • perdigao
  • petrobras
  • peuget
  • philips
  • sadia
  • salton
  • tam
  • tnt
  • votorantim
  • xerox